Parceiros

A Cooperalesp junto com a Fast Shop selecionou ofertas especiais para você. Aproveite! Mais »

        Mais »

A CAMPANHA PARA ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO SORTEARÁ PRÊMIOS! Mais »

Cooperalesp foi criada por um grupo de funcionários tendo como objetivo proporcionar assistência financeira aos seus associados. Mais »

 

A cooperativa

  • O QUE É?

A Cooperalesp – Cooperativa de Crédito Mútuo dos Servidores da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo foi criada por um grupo de funcionários tendo como objetivo proporcionar assistência financeira aos seus associados. Os recursos da Cooperalesp provém da capitalização realizada pelos seus sócios e dos rendimentos dessa capitalização e dos financiamentos concedidos.

A Cooperalesp, a exemplo de todas as entidades similares, submete-se às normas e à fiscalização do Banco Central e é objeto de auditorias, interna e externa, periódicas. É filiada e conta com assessoria técnica da Cecresp e do Sicoob.

  • COMO FUNCIONA?

Como em toda cooperativa de crédito, o processo de captação de recursos da Cooperalesp vale-se de depósitos mensais efetuados pelos associados. Parte desse montante é destinado a empréstimos aos associados e parte é aplicado. O resultado do pagamento dos empréstimos e das aplicações financeiras soma-se ao capital que é novamente emprestado e aplicado e assim sucessivamente.

  • QUAL É A FINALIDADE?

A Cooperalesp não existe para ter lucro. Não é um Banco ou uma Financeira. O resultado de suas aplicações e financiamentos é revertido aos associados. Por isso os juros cobrados sobre os empréstimos sempre foram baixos e o superávit operacional apurado (sobra de dinheiro) é rateado em sua totalidade, uma vez por ano, entre os tomadores de empréstimos.

Criada em 01/06/2001, a Cooperalesp possui hoje cerca de 660 associados e um capital total de R$ 4.800,000,00 quatro milhões e oitocentos mil reais. Mensalmente são concedidos, em média, 49 empréstimos (2011). A receita (bruta) média mensal (aplicações e prestações de empréstimos) em 2011 monta a cerca de R$ 112.700,00.

A estrutura da Cooperalesp é bastante enxuta: apenas três funcionários contratados Os membros da Diretoria e do Conselho Fiscal não recebem remuneração de qualquer tipo (norma do Estatuto Art. 55 inciso 1º).

  • QUEM PARTICIPA?

Podem se associar à Cooperalesp os servidores da Assembléia Legislativa: aposentados, efetivos e comissionados.

Os associados da Cooperalesp se comprometem a aplicar, mensalmente, um valor fixo, cuja soma mais os rendimentos auferidos compõem seu capital. Esse capital (que pode ser retirado a qualquer momento) é remunerado mensalmente e serve de base de cálculo para os empréstimos concedidos aos interessados.

  • QUAIS AS VANTAGENS?

A Cooperalesp é uma ótima opção de investimento:

A Cooperalesp remunera os associados a, no mínimo, o valor da taxa selic (cerca de 0,91% ao mês, 11,00% ao ano (11/2011). Nossa remuneração no ano é maior do que a remuneração da poupança, (6,00%) dos fundos DI, (4,90%). O baixo custo de administração e a isenção de taxas permitem esse resultado.

A Cooperalesp realiza empréstimos:

Atualmente, os associados da Cooperalesp podem pleitear empréstimos no valor de até 4 vezes o montante de seu capital, pelo prazo de até 60 meses, com juros que variam de 1,59% a 2,29%.

  • QUAIS SÃO AS NOVIDADES?

A novidade é que estamos baixando os juros de algumas linhas de financiamento e estudando uma mudança no cálculo desse teto, com a introdução de um novo parâmetro baseado no salário do cooperado. Dessa forma ele teria a opção de escolher o que lhe for mais conveniente entre 4 vezes o montante do seu capital ou uma vez o valor do seu salário líquido, sempre respeitando-se o valor máximo possível da prestação.

Financiamento da linha branca e eletrônicos:

A Cooperalesp também financia produtos da linha branca (refrigeradores, fogões, lavadoras, secadoras, aparelhos de ar condicionado, televisores…). Temos convênio com a Brastemp, Cônsul, e atualmente com a Fastshop. O cooperado poderá comprar seus produtos em até dezoito vezes, a um juros de 1,80% ao mês, preço que pode ser, dependendo do produto e das condições de financiamento, até 20% menor do que aquele praticado pelo comércio.

A Cooperalesp acompanha o cenário financeiro atual dos juros na economia brasileira e, mesmo mantendo uma remuneração do capital dos associados maior do que as aplicações tradicionais, como demonstramos nos gráficos em anexo. Diante do atual cenário econômico estamos reduzindo a partir de 01/12/2011 os juros cobrados nos empréstimos mais elevados, levando em conta a necessidade da manutenção da rentabilidade mínima do seu capital principal para fazer face aos seus custos.

O resultado das administrações que se sucederam na Cooperalesp permite que nossa entidade esteja em situação econômico-financeira confortável para iniciar uma nova fase de sua trajetória: uma política de captação de novos associados e regras mais flexíveis para a concessão de empréstimos.